Saiba Como Realizar a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte

O imposto de renda é a declaração de rendimentos tributáveis obrigatória que deve ser realizada anualmente pelos contribuintes. Nem todos precisam declarar, mas quem irá precisar realizar a declaração do IR deve estar atento aos detalhes do imposto.  Por exemplo, você sabe como realizar a declaração quando o IR está retido na fonte?

O que é o Imposto de Renda?

O Imposto de Renda é uma declaração referente aos rendimentos tributáveis dos contribuintes. Somente quem obteve lucro anual superior a R$ 28.559,70, no ano anterior a declaração.

Quem é obrigado a declarar, deve estar atento a contribuição necessária. Para as empresas, este recurso é o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica. Para os demais, o recurso é o Imposto de Renda para Pessoa Física.

Quem está dentro dos requisitos do IR, precisa estar atento a declaração do Imposto de Renda 2020Não declarar ou apresentar dados divergentes, pode  levar o contribuinte a cair na malha fina!

Ambas as categorias do imposto são de responsabilidade da Receita Federal e podem ser declaradas através do sistema operacional oferecido pelo órgão.

O que é a restituição do IR?

Quando realiza a sua declaração e efetua o pagamento do imposto, pode ser que o contribuinte tenha pago a mais pelo benefício. Nesses casos em que a Receita Federal detecta a situação, pode ser realizada a restituição do IR.

Ou seja, é o retorno do benefício para o contribuinte pela Receita. O benefício é pago até o mês de dezembro do ano da declaração em questão.

Por isso, é importante estar de olho nas datas e informações lançadas pela Receita. Esteja com comprovantes em mãos para requirir o pagamento!

Como realizar a declaração do IR retido na fonte?

O Imposto de Renda retido na Fonte é conhecido como IRF, e é referente aos valores que precisam ser pagos por uma pessoa física ou jurídica a uma determinada  contribuinte. Nesse caso, o valor de responsabilidade de uma fonte pagadora.

Os valores irão depender diretamente dos rendimentos anuais do contribuinte, podendo ser avaliado também pela remuneração mensal recebida.

Quem recebe entre R$2.826,66 a R$3.751,05, deverá aplicar uma alíquota de 15%, sendo a parcela a deduzir do IR correspondente a R$ 354,80.

Para realizar a declaração, é necessário efetuar o cálculo com desconto do INSS e depois, o cálculo do IRF. Feito isto, o contribuinte deve baixar o sistema de declaração do DIRF e preencher os campos necessários. O beneficiário deve realizar a identificação de dados antes de transmitir o documento.